Ir para conteúdo

Notícias

Sem resultados a apresentar
 

Polícia Municipal promove campanha de recolha de brinquedos

Com o objetivo de levar um pouco da magia do Natal a algumas das crianças mais carenciadas do concelho, a Polícia Municipal de Olhão está a promover uma campanha de recolha de brinquedos. Até 19 de dezembro, as doações podem ser entregues nas instalações da Polícia Municipal, na Avenida da República, de segunda a sábado, das 9h00 às 17h00. Donativos de brinquedos usados em bom estado, ou mesmo novos, são bem-vindos, e o resultado da recolha será, posteriormente, entregue às crianças do Jardim de Infância As Luzinhas, da Obra de Nossa Senhora das Candeias, e do Centro de Bem-Estar Social Nossa Senhora De Fátima. Esta iniciativa procura fomentar a inclusão social e incentivar a comunidade olhanense a partilhar nesta quadra.
28 de novembro, 2022
 

Rede Social de Olhão serve de exemplo a autarcas brasileiros

Uma delegação de cerca de 20 autarcas brasileiros e portugueses esteve esta semana em Olhão, onde se inteirou das boas-práticas levada a cabo pelo Município, com destaque para a área social. A Missão Técnica Brasileira a Portugal, no âmbito do projeto de cooperação InovaJuntos, que tem vindo a ser desenvolvido ao longo dos últimos dois anos, visou fomentar a partilha de conhecimento e parcerias para a inovação entre os dois países, através dos seus organismos, municípios, universidades, centros de estudos e outros parceiros, para o desenvolvimento sustentável atendendo à Agenda 2030. O contributo do Município de Olhão inseriu-se no cluster temático “Espaços inclusivos e inovação cultural e social” e, neste âmbito, foi selecionada a Rede Social de Olhão como um exemplo de boas-práticas que pode ser replicado noutros territórios. Ao longo dos três dias, partilharam-se boas-práticas com os congéneres brasileiros, através da apresentação de iniciativas inovadoras na área do desenvolvimento social, dados a conhecer por diversos parceiros da autarquia na Rede Social, como a ACASO, a MOJU, a Casa do Povo de Moncarapacho, ou o projeto Todo Piso Será Palco. O roteiro pelo concelho deu, ainda, oportunidade aos autarcas brasileiros de ficarem a conhecer os cursos técnico-profissionais da Escola Secundária Francisco Fernandes Lopes, sobretudo na área do Turismo, bem como algumas empresas olhanenses que são exemplo de sucesso e boas-práticas. Como não poderia deixar de ser, a vertente ambiental não ficou de fora, tendo ficado em cima da mesa perspetivas de estabelecimento de parcerias entre os dois lados do Atlântico. Para além de se estreitar os laços que existem entre Portugal e Brasil, o grande objetivo desta iniciativa é, de acordo com a vereadora Elsa Parreira, “poder partilhar o que de melhor cada município tem e implementar acordos de cooperação entre os dois países”. No final destes três dias de intercâmbio em Olhão, a autarca acredita “que é possível alcançar uma forte cooperação, através das sinergias que têm vindo a ser criadas nestes dois anos de parceria em prol de um mundo melhor, mais consciente, mais coeso, mais sustentável, mais responsável".
24 de novembro, 2022
 

Escolas olhanenses recebem Selo MILAGE Aprender+

O projeto MILAGE Aprender+ está a distinguir a nível nacional os agrupamentos de escolas que demonstraram um forte compromisso na promoção de ambientes de aprendizagem inovadores com recurso à app MILAGE Aprender+. Em Olhão, foram contemplados com o Selo Escola MILAGE Aprender+ 2021/22 todos os agrupamentos do concelho. Os distintivos de reconhecimento do excelente trabalho realizado nas escolas foram afixados esta manhã. A implementação desta ferramenta nos estabelecimentos de ensino do concelho conta com um investimento municipal de 43 mil euros em três anos. Desenvolvida pela Universidade do Algarve, a app para dispositivos móveis permite aos alunos acederem a conteúdos pedagógicos, dentro e fora da sala de aula. É uma ferramenta de apoio aos alunos na resolução autónoma de fichas de exercícios. De modo a estimular e apoiar a realização das várias atividades propostas, a interface da app MILAGE Aprender+ incorpora características de gamificação, com diferentes níveis de dificuldade de exercícios, para apoiar alunos com maiores dificuldades de aprendizagem matemática e incluir também alunos mais avançados. Para além disso, a app MILAGE Aprender+ inclui ainda um esquema de autoavaliação e de avaliação pelos pares, que visa estimular o trabalho autónomo do aluno, a revisitação dos conteúdos para o armazenamento do conhecimento na memória de longa duração e a identificação dos passos fundamentais na resolução de exercícios. A app é gratuita e está disponível para Android e iOS.
18 de novembro, 2022
 

Município e CPCJ assinalam Dia dos Direitos das Crianças

Cerca de 400 alunos do 8.º ano das escolas de todo o concelho assistiram na manhã dessa quarta feira, 16 de novembro, no Auditório Municipal, a um espetáculo de dança subordinado ao tema dos direitos da criança. A iniciativa conjunta do Município e da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Olhão inseriu-se nas comemorações do Dia Internacional dos Direitos das Crianças, que se assinala a 20 de novembro, e que coincide com o 33.º aniversário da Convenção sobre os Direitos da Criança. O espetáculo, intitulado “Todo o piso será palco”, foi uma produção da escola de dança Outsiders e teve um caráter interativo, incluindo mensagens e coreografias alusivas ao tema. Para a vereadora com os pelouros da Educação e da Ação Social, “esta foi uma oportunidade para sensibilizarmos as crianças e jovens para os seus direitos e, acima de tudo, para tentarmos prevenir comportamentos de risco destas mesmas crianças e jovens, que serão os futuros pais e cidadãos adultos da nossa comunidade”. Na ocasião, foi, também, inaugurada uma exposição, que integra os trabalhos resultantes de um projeto intergeracional promovido pela ACASO, que juntou as várias valências da instituição, de várias outras entidades da Rede Social e alunos do 1.º Ciclo, em redor da elaboração e decoração de bonecos, sempre com os direitos das crianças como fio condutor. Em 20 de Novembro de 1989, as Nações Unidas adotaram por unanimidade a Convenção sobre os Direitos da Criança, documento que enuncia um amplo conjunto de direitos fundamentais – os direitos civis e políticos e, também, os direitos económicos, sociais e culturais – de todas as crianças, bem como as respetivas disposições para que sejam aplicados. É o instrumento de direitos humanos mais ratificado da história universal: 196 países, apenas com a exceção dos Estados Unidos da América, ratificaram o documento.
17 de novembro, 2022
 

Olhão acolhe Jornadas da Rede de Museus do Algarve

“Que Definição e Ação para os Museus e suas Redes?” será o tema das 5as Jornadas da RMA - Rede de Museus do Algarve. O Município de Olhão é, mais uma vez, o anfitrião da iniciativa, que se realiza no Auditório da Biblioteca Municipal, no dia 25 de novembro, tendo por base os seguintes objetivos: - Refletir sobre a nova definição de Museu, aprovada na Assembleia Geral Extraordinária do Conselho Internacional de Museus (ICOM), em Praga, no dia 24 de agosto de 2022, o seu impacte nas atuais e futuras ações dos museus, enquanto lugares dinâmicos, histórica e socialmente relevantes e estruturas insubstituíveis do conhecimento, salvaguarda e valorização do património cultural e natural; - Promover o debate sobre os desafios que se colocam à missão e funções dos museus, aos seus profissionais e à diversidade das suas Redes Temáticas e Territoriais, no sentido de proporcionar formas de desenvolvimento de uma maior e mais efetiva estratégia de proximidade e inclusão das suas comunidades, em projetos de parceria e cooperação; - Contribuir para clarificar qual deverá ser o papel das diferentes Redes de Museus (nacionais, regionais e locais), assim como o mais adequado posicionamento dos museus e das instituições ligadas ao património cultural e natural, como membros ativos e essenciais ao serviço dessa realidade potenciadora de uma forte interatividade e dimensão social. A quinta edição das Jornadas da RMA reúne vários especialistas e responsáveis de várias instituições, associações museológicas e Redes de Museus regionais portuguesas do Douro, Médio Tejo, Algarve e da vizinha Andaluzia para, de acordo com o programa da iniciativa, promover uma discussão sobre o papel dos museus e das suas funções, bem como as melhores formas de trabalho e operacionalidade das suas redes geográficas e temáticas. A entrada é livre e gratuita, mas sujeita a inscrição obrigatória, até ao dia 21 de novembro, em: rma-museusdoalgarve.yolasite.com.
15 de novembro, 2022
 

Museu Municipal de Olhão promove oficina de empreita

O Museu Municipal de Olhão - Edifício do Compromisso Marítimo organiza nos dias 19 de novembro, 3 de dezembro, 17 de dezembro e 7 de janeiro uma oficina de empreita. Este espaço de aprendizagem de uma técnica artesanal secular vai contar com a presença e saber de algumas das mestras que ainda se dedicam à empreita no concelho. Os participantes terão oportunidade de aprender a entrelaçar a palma da forma como estes conhecimentos eram tradicionalmente transmitidos: entre risadas e dois dedos de conversa. A técnica da empreita, que consiste em entrelaçar as folhas da palma, ou palmeira-anã (chamaerops humilis), era tradicionalmente feita pelas mulheres, depois de as folhas serem colhidas, secas e separadas de acordo com a sua espessura. A empreita de palma proveniente do interior do concelho surgiu com a necessidade de embalar figos, amêndoas e alfarrobas para o seu transporte. Passou, então, a ser utilizada noutros objetos quotidianos, na pesca e com fins decorativos. A esteira popularizou-se devido à lacuna de mobiliário nas habitações mais humildes. Atualmente, a empreita é efetuada quase totalmente com propósitos decorativos, sendo uma das atrações turísticas da região. A participação na atividade é gratuita e as inscrições podem ser efetuadas através do telefone 289700103, ou do correio eletrónico museu@cm-olhao.pt.  
11 de novembro, 2022
 

Autarquia cria “via verde” para as candidaturas das IPSS ao PRR

O Município de Olhão pretende dar prioridade a todos os projetos de licenciamento apresentados pelas Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do concelho no âmbito das candidaturas aos fundos do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). De acordo com a vereadora da Gestão Urbanística, Catarina Poço, o objetivo é “colaborar com as IPSS e tornar mais céleres os procedimentos administrativos, para que estas instituições tenham oportunidade de tirar o máximo partido das verbas disponíveis, e invistam no aumento da quantidade e qualidade das infraestruturas sociais do concelho”. Para o efeito, a autarca reuniu com as IPSS. Marcaram presença o Centro de Bem-Estar Social Nossa Senhora de Fátima, a ACASO – Associação Cultural e de Apoio Social de Olhão, o Centro Social Nossa Senhora do Carmo, a Casa do Povo do Concelho de Olhão, a Associação Tempus, a Delegação de Moncarapacho da Cruz Vermelha Portuguesa e a Santa Casa da Misericórdia de Olhão. Em cima da mesa esteve o eventual interesse das instituições em beneficiarem das verbas do PRR, o que foi unanimemente manifestado por todos os presentes. Na ocasião, Catarina Poço aproveitou para sensibilizar os responsáveis pelas IPSS para a necessidade de apresentarem os projetos tão cedo quanto possível, para que se garantam todos os prazos e nenhuma candidatura fique pelo caminho. Do lado da autarquia, ficou a garantia, em forma de protocolo informal, de criação de uma “via verde” de articulação entre os vários serviços municipais envolvidos, que dê prioridade aos licenciamentos solicitados por estas entidades. O PRR é um programa de aplicação nacional, com um período de execução até 2026, que vai implementar um conjunto de reformas e investimentos, destinados a repor o crescimento económico sustentado, após a pandemia, reforçando o objetivo de convergência com a Europa ao longo da próxima década.
10 de novembro, 2022
 

Olhão volta a ter serviço de farmácias em disponibilidade

A partir de janeiro de 2023, as farmácias de Olhão voltarão a disponibilizar aos munícipes o serviço em disponibilidade após as 21h00. A medida foi anunciada no final de uma reunião que decorreu esta quarta feira, 9 de novembro, entre o Município, as farmácias do concelho e a Associação Nacional de Farmácias. No final do encontro, o vereador com o pelouro da Saúde, Ricardo Calé, mostrou-se satisfeito com o regresso deste serviço, “uma importante conquista para o acesso à saúde no concelho, fruto de um esforço conjunto das farmácias, da Associação e do Município”. Assim, já a partir de janeiro, volta a ser possível aos olhanenses adquirirem medicamentos a partir das 21h00 em Olhão, bastando, para isso, dirigirem-se à farmácia que se encontre de serviço em disponibilidade nessa noite.
09 de novembro, 2022
 

Olhão distinguido como um dos melhores municípios para viver

O Município de Olhão foi um dos distinguidos na gala “Melhores Municípios para Viver”, promovida anualmente pelo Instituto de Tecnologia Comportamental (INTEC), em parceria com o Jornal de Notícias (JN). A conclusão é do estudo "A Qualidade de Vida nos Melhores Municípios para Viver", desenvolvido pelo INTEC desde 2008, e apresentado esta quinta feira, 3 de novembro, pelo investigador Miguel Lopes, coordenador do trabalho, na Universidade de Coimbra. A iniciativa “Melhores Municípios para Viver” é um barómetro de avaliação da qualidade de vida nos municípios, tendo por base os 10 domínios consagrados na Fundação Europeia para a Melhoria das Condições de Vida e de Trabalho. Os concelhos portugueses foram avaliados em dez categorias, através de inquéritos a milhares de portugueses. A receber a distinção em nome do Município de Olhão esteve o vereador Ricardo Calé, para quem a distinção “é fruto de um trabalho que tem vindo a ser realizado ao longo dos últimos anos e que, naturalmente, não está concluído; muito ainda há por fazer para melhorar a qualidade de vida dos olhanenses, mas quando recebemos uma distinção destas, sabemos que estamos no caminho certo, e isso dá-nos força para continuarmos no caminho que temos vindo a trilhar. É um prémio não apenas para a autarquia, mas para todos os olhanenses”. Para além da entrega dos prémios, a cerimónia incluiu, também a assinatura da Carta de Fundação da Rede Nacional de Municípios com Qualidade de Vida.     Fotos Fernando Fontes/Global Imagens
04 de novembro, 2022
Retroceder
1
...
23
Próxima Página